Organização

Os membros da Ordem Cabalística da Rosa-Cruz e seu trabalho nos paises indicados a seguir ou na Internet

Angola, Argentina, Barhein, Bélgica, Benin, Brasil (mais internet em português), Camarões, Canadá, Chile, Republica D. do Congo, Congo-Brazzaville, Costa do Marfim, França, Grécia, Haiti, Itália, Luxemburgo, Senegal, Suíça, Reino Unido e EUA.

Capítulo Internet (um capítulo internacional que se reúne através da internet para estudo e rituais em Português).

 

Em negrito, os países que possuem Capítulos. Outros Capítulos estão sendo criados.

Estruturas Locais - Capítulos

Os grupos locais da Ordem Cabalística da Rosa-Cruz se chamam Capítulos.

Eles constituem a infraestrutura local na qual os iniciados se reúnem para realizar os trabalhos ritualísticos e as iniciações.

Um Capítulo é dirigido por cinco oficiais principais que são nomeados por um número específico de anos.

 

Estruturas Internacionais e Nacionais

Internacionais

- A principal autoridade da Ordem Cabalística da Rosa-Cruz é o Conselho Supremo da Rosa+Cruz (S.C.R + C). É composto de doze patriarcas Rosacruzes (seis dos quais permanecem sempre em segredo). A Ordem é dirigida pelo ilustríssimo Grande Patriarca Rose+Croix (Jean-Louis de Biasi), assistido pelo Ilustríssimo Grande Chanceler e pelo Ilustre Grande Prior. O Conselho Supremo da Rosa+Croix governa toda a Ordem, nos seus aspectos iniciático e legislativo.

- Os Grandes Conselheiros são responsáveis por um país, um grupo de países ou um grupo linguístico. Eles asseguram o bom funcionamento da Ordem através da boa comunicação entre os iniciados, os Capítulos e o Conselho Supremo da Rosa + Croix.

Nacionais

- Os Grandes Conselheiros nacionais são responsáveis por um país com um mínimo de três capítulos.
- As irmãs e irmãos, que tendo sido Cavaleiro Rosa-Cruz, constituem um círculo nacional com funções e ritos próprios.


Locais

- Um Capítulo é dirigido por cinco oficiais principais que são nomeados por um número específico de anos.

- O Cavaleiro Rosa-Cruz é o oficial encarregado de um capítulo. Ele e dois outros oficiais do Capítulo receberam uma consagração ritual específica relacionada à sua função.